quinta-feira, 25 de maio de 2017

O que é uma menina? Resultados de Pesquisa

No dia 25 de maio de 2017, finalizando minha palestra para o Seminário Educação sem Machismo, decidi empreender uma pesquisa informal, via rede de amigos, familiares e colegas através do WhatsApp. A pergunta que enviei a 124 pessoas com idades entre 7 e 70 anos foi: Para ti, o que é uma menina?

Loguinho, o grupo selecionado passou a pensar e a responder. Defini o tempo de uma hora como limite para coletar respostas. Eu precisaria ainda organizar e dar visibilidade, em minha fala – que ocorre no dia de amanhã, 26/05 – às respostas recebidas. Algumas, foram bem intrigantes, leia:


“Interessante questão, Cris...”

“Humm, vou pensar professora... Já te respondo”

“Nossa!! Hoje me falaram o seguinte: embora tenhas 44 anos, tu pareces uma menina. E sabe que eu fiquei pensando no que significaria "ser uma menina"?”

“Há que se tirar a fralda para saber... Talvez nem assim!”


Quantos responderam? Em uma hora, 39 das 124 pessoas endereçaram seus “conceitos” a meu celular. Esse fragmento de grupo corresponde a 31% do total de minha amostra.
Quem respondeu? Meninas, adolescentes, moças e mulheres. Algumas avós, mulheres adultas sem filhos, um grupo de mães. E homens, jovens e nem tanto, alguns pais. Responderam também, estudantes de ensino superior. E advogadas, pedagogas, enfermeiras, psicólogas, professoras.
O que responderam? Entre muitas respostas incríveis, uma mulher jovem, sem filhos, escreveu: “Eu penso, quando me dizem que pareço uma menina, que sou jovem, curiosa, leve, destemida, apaixonada. Acho que vou ter 80 anos e vou ser assim: uma menina”.
A pesquisa continua. Logo que eu obtiver todas as respostas, publico. Obrigada a quem prontamente respondeu. E um beijo de menina em vocês...

Nenhum comentário:

Alfabeteando...

Olá, bem vindo!

Um "Alfabeto à parte" foi criado em setembro de 2008 e tem como objetivo discutir a leitura e a literatura na escola. Nele disponibilizo o que penso, estudos sobre documentos raros e meus contos, além de uma lista do que gosto de ler.

Em 2013 concluí pesquisa sobre o Abecedário Ilustrado Meu ABC, de Erico Verissimo, publicado pelas Oficinas Gráficas da Livraria do Globo em 1936. O lançamento do livro e sua repercussão estão no Blog. Alguns artigos sobre a pesquisa também. Leia e dê sua opinião.

A novidade, em 2015, foi a inauguração da Sala de Leitura Erico Verissimo, um sonho antigo que agora se realiza. Em 2016, o processo de restauro da Biblioteca na Escola Fernando Treptow, inaugurada em 25 de novembro.

Em 2017 estou produzindo a Biografia de João Bez Batti. Através de relatos pessoais nos quais a criançaque João foi é a personagem principal, recosntruo, com narrativas litetárias, seu descobrimento como escultor. Bilíngue (português e italiano) o livro tem data para ser lançado: 11/11/2017.

Abraço

Cristina

Arquivo do blog