quinta-feira, 23 de março de 2017

Mia Couto: textos escolhidos: uma micropolítica de leitura

O projeto “Mia Couto: textos escolhidos” foi desenvolvido nos dias 14, 15 e 16 de março de 2017, entre as 17 e as 19 horas, no Casarão 8 - Auditório do Museu do Doce - no centro histórico de Pelotas, RS. Constituído de leitura e diálogo sobre contos escritos por Mia Couto e durante os três dias, uniu apreciadores da obra e das peculiaridads deste esctitor.
O Projeto:
Descrição do Projeto: O curso curto “Mia Couto: textos escolhidos” constituiu-se de leituras públicas de fragmentos literários poéticos e narrativos do escritor moçambicano nascido António Emílio Leite Couto. Foi de responsabilidade do GELL - Grupo de Estudos em Leitura Literária da FaE/UFPel, Sala de Leitura Eriuco Verissimo e PET Educação.
Integrado às micropolíticas de leitutra que a Sala de Leitura Erico Verissimo vem propondo desde 2015, o curso curto “Mia Couto: textos escolhidos” intencionou apresentar aos participantes fragmentos de obras do escritor moçambicano em língua portuguesa. Dando continuidade à primeira iniciativa ocorrida em 2017, que teve como escritor estudado o romancista José Saramago, a proposta foi ler para aprender a apreciar os escritos de Mia Couto.
Para o GELL, ler autores em língua portuguesa objetiva:
ü  dar a conhecer textos literários de qualidade;
ü  realizar leituras orais e comentadas de autores de além mar, em língua portuguesa;
ü   reunir leitores e apreciadores de literatura;
ü  utilizar para tal um espaço da universidade, público, portanto;
ü  ler para a cidade.

Datas, temas e textos:
14/03: Cristina Maria Rosa e a literatura para crianças de Mia Couto
Textos: O adiado avô (conto) e Sapatos de tacão alto (conto).
15/03: Beatriz Helena da Rosa Pereira: Contos e um ensaio de Mia Couto;
Textos: O menino que escrevia versos (conto), A menina sem palavra (conto) e Quebrar armadilhas (ensaio).
16/03: Márcia Duarte e os textos para adultos de Mia Couto.
Texto: E se Obama fosse africano?
O curso de três dias integra as Micropolíticas de Leitura da Sala de Leitura Erico Verissimo em 2017 e é destinado ao público em geral. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo e-mail cris@ufpel.cthe.br
Coordenação: Cristina Maria Rosa.
Docente no Departamento de Ensino da FaE/UFPel.
Coordenadora do GELL e Tutora PET Educação gestão 2016-2019.
A participação foi certificada.

domingo, 12 de março de 2017

Mulheres leem mulheres: as imagens

Crstina e Virgínia, comemorando a vida...
Cristina, Patrícia e Messina: reencontro
Um presente: mulheres inspiradoras...
Márcia: Lendo Chimamanda...
Érica e Felicidade Clandestina,
de Clarice Lispector
Patricia Feijó: Cenozóica Era, de Leida Lusmar

Tica nos convida a ouvir Wislawa Szymborska

Alfabeteando...

Olá, bem vindo!

Um "Alfabeto à parte" foi criado em setembro de 2008 e tem como objetivo discutir a leitura e a literatura na escola. Nele disponibilizo o que penso, estudos sobre documentos raros e meus contos, além de uma lista do que gosto de ler.

Em 2013 concluí pesquisa sobre o Abecedário Ilustrado Meu ABC, de Erico Verissimo, publicado pelas Oficinas Gráficas da Livraria do Globo em 1936. O lançamento do livro e sua repercussão estão no Blog. Alguns artigos sobre a pesquisa também. Leia e dê sua opinião.

A novidade, em 2015, foi a inauguração da Sala de Leitura Erico Verissimo, um sonho antigo que agora se realiza. Em 2016, o processo de restauro da Biblioteca na Escola Fernando Treptow, inaugurada em 25 de novembro.

Em 2017 estou produzindo a Biografia de João Bez Batti. Através de relatos pessoais nos quais a criançaque João foi é a personagem principal, recosntruo, com narrativas litetárias, seu descobrimento como escultor. Bilíngue (português e italiano) o livro tem data para ser lançado: 11/11/2017.

Abraço

Cristina