quinta-feira, 27 de março de 2014

Cobras, quintas, laranjas: narrativas literárias

          Herdeiros da arte de contar, nós humanos, narramos e, desse modo, existimos: como sujeitos e como espécie. É através da narrativa que nos é possibilitado criar vínculos com a cultura circundante, aprender e ensinar uns aos outros, ouvir e falar, ler e escrever, pensar, refletir, registrar.
           A narrativa é “um modo de conformação de realidades, em que a passagem do tempo está claramente configurada, mobilizando, para isso, elementos de linguagem” (GETHL, 2014). É arte, dolce e utile, e demanda um “outro” para existir: quem escreve deseja/precisa ser lido.
          Com o objetivo de oportunizar a estudantes de Pedagogia um encontro profícuo com o gênero literário e seus elementos constituidores, propus que ouvissem um conto, lessem muitos outros e escrevessem um novo, próprio, original. Produzido em 2013/2014 na disciplina Metodologia da Alfabetização, o e-book integral está disponível no endereço a seguir:

https://onedrive.live.com/view.aspxcid=706A75ED2FFCF172&resid=706A75ED2FFCF172%21189&app=WordPdf&wdo=1

sábado, 22 de março de 2014

As três Dulces


          Narrativa escrita em em homenagem a uma menininha, Dulce, que frequentou minha sala de aula acompanhando sua mãe, Dulce também, a historieta brinca com a confusão que muita gente faz ao se referir a três pessoas diferentes com nomes iguais.
          Originalmente elaborada para registrar a presença encantadora de Dulce me minha sala de aula, após o envio, por correio eletrônico para uma professora amiga, foi ilustrada por crianças pequenas, do quarto e do quinto ano de uma escola da zona rural em Cruz Alta, Rio Grande do Sul. A versão integral do primeiro tu encontras no endereço a seguir:
https://onedrive.live.com/view.aspx?cid=706A75ED2FFCF172&resid=706A75ED2FFCF172%21179&app=WordPdf&wdo=1



Ilustrado por crianças do quinto ano, também da professora Edinara, a versão integral tu encontras no endereço a seguir:

https://onedrive.live.com/view.aspx?cid=706A75ED2FFCF172&resid=706A75ED2FFCF172%21179&app=WordPdf&wdo=1




Júlia, Filha


Este singelo conto, Júlia Filha, foi escrito em 2013. É uma produção que se tornou um e-book para ser usado na escola. A novidade é sua ilustração, feita a partir de apenas um desenho, da própria Júlia, que existe e virou personagem. A seguir, a capa e uma das páginas.























O total do arquivo tu encontras em:
https://onedrive.live.com/view.aspx?cid=706A75ED2FFCF172&resid=706A75ED2FFCF172%21181&app=WordPdf&wdo=1


sexta-feira, 7 de março de 2014

FREDERICO, O PRÍNCIPE

Este livro digital foi criado a partir do Projeto Leitura Literária na Escola. Realizado em 2013 em diferentes escolas públicas no Rio Grande do Sul, Frederico, o Príncipe, um de meus contos, foi lido pela professora Daniela Castro a seus pequenos alunos. Eles desenharam Frederico, seu castelo, suas brincadeiras.Confira a capa e a primeira página:













O banner que resultou desse trabalho maravilhoso é o que se encontra a seguir:



A totalidade do conto você consegue enviando um e-mail para cris.rosa.ufpel@hotmail.com

Alfabeteando...

Olá, bem vindo!

Um "Alfabeto à parte" foi criado em setembro de 2008 e tem como objetivo discutir a leitura e a literatura na escola. Nele disponibilizo o que penso, estudos sobre documentos raros e meus contos, além de uma lista do que gosto de ler.

Em 2013 concluí pesquisa sobre o Abecedário Ilustrado Meu ABC, de Erico Verissimo, publicado pelas Oficinas Gráficas da Livraria do Globo em 1936. O lançamento do livro e sua repercussão estão no Blog. Alguns artigos sobre a pesquisa também. Leia e dê sua opinião.

A novidade, em 2015, foi a inauguração da Sala de Leitura Erico Verissimo, um sonho antigo que agora se realiza. Em 2016, o processo de restauro da Biblioteca na Escola Fernando Treptow, inaugurada em 25 de novembro.

Em 2017 estou produzindo a Biografia de João Bez Batti. Através de relatos pessoais nos quais a criançaque João foi é a personagem principal, recosntruo, com narrativas litetárias, seu descobrimento como escultor. Bilíngue (português e italiano) o livro tem data para ser lançado: 11/11/2017.

Abraço

Cristina