segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Sapato Furado, de Mario Quintana


Convidada a selecionar mais um texto magnífico para os ouvintes do programa Tons e Letras, coordenado pelo jornalista, poeta e escritor Luis Dill, escolhi SAPATO FURADO, de Mário Quintana.
Publicado pela primeira vem em 1994, ano da morte do escritor que viveu 88 anos, ele permanece íntegro entre os apreciadores de Quintana. Editado pela Global Editora, reúne 29 textos indicados em um organizado sumário ao final. Longevidade, humor, precisão, delicadeza, originalidade são suas características mais fortes.
Com incríveis ilustrações de André Mello, o livro nos presenteia com poemas, mas não só. Nele, algumas narrativas poéticas, um gênero híbrido na literatura para crianças que, parece, foi inventado por Mário Quintana.
Dentre tantos, um que leio há bastante tempo, por singelo e ousado:  As três moças de Encruzilhada. Conhece?

Era uma vez três moças que moravam na florescente cidade de Encruzilhada.
E, como eram três moças muito sérias, faltava-lhes o senso de humor e tomavam ao pé da letra o nome de sua cidade natal. E nunca sabiam aonde ir, o que responder...
Para acabar com essa dúvida atroz, depois de infindáveis hesitações, resolveram o seguinte: a primeira sempre diria "sim", a segunda que "não" e a terceira responderia com ar sonhador:
– Talvez"...
Ora, um dia a Morte apareceu à primeira, e a moça disse que sim.
A Morte a levou.
No outro dia a Morte apareceu à segunda e esta disse que não.
- Como ousas contrariar-me? – eu sou a única Potestade do Céu e da Terra a quem ninguém pode dizer "não".
E levou a moça.
Enfim, no terceiro dia, a Morte apresentou-se à última das três – e a moça ficou olhando, olhando a cara da Morte e finalmente suspirou:
- Talvez...
E a Morte retirou-se, danada da vida!


Leia Mário Quintana para seus filhos, sobrinhos, alunos, pois a leitura é uma arte que se transmite, mais do que se ensina.
E leia narrativas poéticas...
Que tal “Sapato Furado”
É um excelente modo de conhecer o nosso maior poeta, Mário Quintana!

Dados:
Sapato Furado, de Mário Quintana.
Leitora: Cristina Maria Rosa, 01 de agosto de 2016.

Ficha técnica:
Tons & Letras
Apresentação: Luís Dill
Produção: Luís Dill
Horário: Sábados, às 11h
Twitter: @fm_cultura
Facebook: fmcultura107.7


Nenhum comentário:

Alfabeteando...

Olá, bem vindo!

Um "Alfabeto à parte" foi criado em setembro de 2008 e tem como objetivo discutir a leitura e a literatura na escola. Nele disponibilizo o que penso, estudos sobre documentos raros e meus contos, além de uma lista do que gosto de ler.

Em 2013 concluí pesquisa sobre o Abecedário Ilustrado Meu ABC, de Erico Verissimo, publicado pelas Oficinas Gráficas da Livraria do Globo em 1936. O lançamento do livro e sua repercussão estão no Blog. Alguns artigos sobre a pesquisa também. Leia e dê sua opinião.

A novidade, em 2015, foi a inauguração da Sala de Leitura Erico Verissimo, um sonho antigo que agora se realiza. Em 2016, o processo de restauro da Biblioteca na Escola Fernando Treptow, inaugurada em 25 de novembro.

Em 2017 estou produzindo a Biografia de João Bez Batti. Através de relatos pessoais nos quais a criançaque João foi é a personagem principal, recosntruo, com narrativas litetárias, seu descobrimento como escultor. Bilíngue (português e italiano) o livro tem data para ser lançado: 11/11/2017.

Abraço

Cristina