segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Livros que ensinam a pensar Matematicamente

Uma de minhas ex-alunas, professora agora, enviou um e-mail solicitando ajuda para a escolha de livros que "ensinem" matemática aos pequenos. Respondi a ela que estes livros não existem.
No entanto, há alguns que podem ser apoio no estudo de noções matemáticas como quantidade e suas relações, por exemplo. E indiquei alguns. A seguir, a lista dos indicados:

1. Um deles é: Os problemas da família Gorgonzola, da Eva Furnari. Embora ele pareça mais complexo que a capacidade de compreensão de meninos e meninas de sete, oito anos, a escrita de Furnari oferece sugestões inspiradoras para elaborar exercícios de compreensão do que é e para que servem as quantidades.
2. Da mesma autora há Listas Fabulosas. Eu adoro. É um jeito de ensinar quantidades, inspiradas em listas de coisas quaisquer. Pode ser listas de pedacinhos que temos no corpo, por exemplo: Quantas orelhas? Quantos dedos? Quantos fios de cabelo? E se fôssemos adicionar tudo isso, quantos “pedacinhos” teríamos?
3. Outro livro é A casa sonolenta. Nele há a apresentação da noção de muitos, de infindável, de continuidade e de adição e subtração. Com a frase “Era uma vez uma casa sonolenta onde todos viviam dormindo”, é evidenciada a ideia de princípio e, após, a relação de um mais um: “Nessa casa tinha uma cama”, “Nessa cama tinha uma avó”, “Em cima dessa avó tinha um menino”, e assim por diante. Ao final, todos, um depois do outro, acordam.
4. Outro livro, bem simples e didático, é Cabe na Mala, da Ana Maria Machado, que explora a ideia de inserir mais um, aumentando assim as quantidades.
5. Bartolomeu Campos de Queiros escreveu Os cinco sentidos e, embora o tema seja outro, podes utilizar a noção de mais um sentido que temos para o mais um, da adição e o menos um, da subtração. Podes até brincar com a noção de seriação. Ex: O que vem primeiro? E depois?
6. E não dá para esquecer do livro A Zeropéia, do Ziraldo. A noção nele é de subtração ou menos um. Ela vai amarrando as patinhas (tinha cem no início) e vai ficando sem movimento.
Espero ter ajudado.
Vou continuar pesquisando...

Nenhum comentário:

Alfabeteando...

Olá, bem vindo!

Um "Alfabeto à parte" foi criado em setembro de 2008 e tem como objetivo discutir a leitura e a literatura na escola. Nele disponibilizo o que penso, estudos sobre documentos raros e meus contos, além de uma lista do que gosto de ler.

Em 2013 concluí pesquisa sobre o Abecedário Ilustrado Meu ABC, de Erico Verissimo, publicado pelas Oficinas Gráficas da Livraria do Globo em 1936. O lançamento do livro e sua repercussão estão no Blog. Alguns artigos sobre a pesquisa também. Leia e dê sua opinião.

A novidade, em 2015, foi a inauguração da Sala de Leitura Erico Verissimo, um sonho antigo que agora se realiza. Em 2016, o processo de restauro da Biblioteca na Escola Fernando Treptow, inaugurada em 25 de novembro.

Em 2017 estou produzindo a Biografia de João Bez Batti. Através de relatos pessoais nos quais a criançaque João foi é a personagem principal, recosntruo, com narrativas litetárias, seu descobrimento como escultor. Bilíngue (português e italiano) o livro tem data para ser lançado: 11/11/2017.

Abraço

Cristina