terça-feira, 10 de maio de 2011

"Histórias da Teté": o inédito manuscrito de Pedro Wayne

O campus Pelotas do IFSul recebeu entre os dias 5 e 7 de maio, pesquisadores de diferentes países para o I Encuentro de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la Integración en el Conosur (ECHTEC).
Entre os vinte e seis simpósios e 535 propostas de trabalhos para apresentação inscritos no evento, a professora Cristina Rosa apresentou parte de seu trabalho de pesquisa sobre o ficcionista Pedro Wayne. O resumo pode ser lido a seguir. O trabalho completo será disponibilizado assim que os anais doevento forem publicados.




Resumo: Inserida em três campos de estudo (a Literatura, a História e a Educação), apresento a pesquisa a respeito do manuscrito “Histórias da Teté”, uma narrativa infantil em três tomos cujos personagens são as letras do alfabeto, do escritor de literatura sul-rio-grandense Pedro Wayne (1904-1951). O objetivo da investigação foi inserir o manuscrito na história da cultura escrita e vinculá-lo ao conceito de letramento literário (PAULINO, 2010). Ao trazer à tona uma inédita fonte do romancista, pude realizar estudos a respeito dos vínculos da fonte com a literatura infantil brasileira, que nos anos 20 e 30, dava seus primeiros passos. Elaborada entre os anos 1937-1942, “Histórias da Teté” concorre para o fortalecimento de um tipo de texto – o narrativo literário – e possui um discurso destinado à infância brasileira, ainda sendo “inventada” á época. O estudo foi desenvolvido entre 2007 e 2009, resultou em uma publicação que aborda a biobibliografia de Wayne e apresenta a transcrição – na íntegra – do manuscrito, além de estudos decorrentes de seu conteúdo e forma. O manuscrito “Histórias da Teté”, uma raridade entre a produção de Pedro Wayne, o interessante autor de “Xarqueada”, e merece ter acento na historiografia da cultura escrita.

Palavras-chave: Manuscrito; Literatura Infantil; Pedro Wayne.

Nenhum comentário:

Alfabeteando...

Olá, bem vindo!

Um "Alfabeto à parte" foi criado em setembro de 2008 e tem como objetivo discutir a leitura e a literatura na escola. Nele disponibilizo o que penso, estudos sobre documentos raros e meus contos, além de uma lista do que gosto de ler.

Em 2013 concluí pesquisa sobre o Abecedário Ilustrado Meu ABC, de Erico Verissimo, publicado pelas Oficinas Gráficas da Livraria do Globo em 1936. O lançamento do livro e sua repercussão estão no Blog. Alguns artigos sobre a pesquisa também. Leia e dê sua opinião.

A novidade, em 2015, foi a inauguração da Sala de Leitura Erico Verissimo, um sonho antigo que agora se realiza. Em 2016, o processo de restauro da Biblioteca na Escola Fernando Treptow, inaugurada em 25 de novembro.

Em 2017 estou produzindo a Biografia de João Bez Batti. Através de relatos pessoais nos quais a criançaque João foi é a personagem principal, recosntruo, com narrativas litetárias, seu descobrimento como escultor. Bilíngue (português e italiano) o livro tem data para ser lançado: 11/11/2017.

Abraço

Cristina