segunda-feira, 21 de março de 2016

A vez a a voz da Literatrura Infantil: o que escrevem e pensam seus autores

            
          Na tarde de sexta, 17 de março, tive o privilégio de participar de uma "Roda de Conversa" coordenada pelas escritoras Simone Cavalcante e Claudia Lins (fotos abaixo). Realizada na Faculdade Mario Quintana, em Porto Alegre, a "Roda" foi integrada pelo ilustrador André Neves e pelo escritor Celso Sisto, ambos autoproclamados gaúchos por escolha. O diálogo que assisti, atenta e em silêncio, abordou os processos criativos de dois autores/ilustradores e o conteúdo dos textos que prepararam para o livro (capa ao lado) que recebemos como certificado de participação. Além dos dois, no livro envontram-se  textos de 13 profissionais representativos da arte literária brasileira.         

Quem é André Neves?  Premiado ilustrador de, entre muitos, TOM, um livro que apresenta o Autismo ao leitores. Em uma sinopse disponível na página da Livraria da Travessa, está assim escrito: "A história do menino Tom é contada por seu irmão, que sempre o observa intrigado: "Por que Tom não brinca? Por que Tom não diz o que sente? (...) Onde Tom guarda todos os seus sonhos?". Até que um dia, Tom chama seu irmão para que conheça o seu segredo e assim possam de verdade se aproximar.
         
          Quem é Celso Sisto? Escritor e ilustrador com muitos livros publicados, é ganhador do Açorianos, o maior prêmio literário do Rio Grande do Sul. No site Artistas Gaúchos, é assim que ele é apresentado: "Celso Sisto é escritor, ilustrador, contador de histórias do grupo Morandubetá (RJ), ator, arte-educador, crítico de literatura infantil e juvenil, especialista em literatura infantil e juvenil, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Doutor em Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e responsável pela formação de inúmeros grupos de contadores de histórias espalhados pelo país. Tem 60 livros publicados para crianças e jovens e já recebeu vários prêmios pela qualidade de sua obra, dentre eles o prêmio de autor revelação (FNLIJ, 1994), ilustrador revelação (FNLIJ, 1999), melhor livro infantil (Açorianos, 2011) e livro do ano (Açorianos, 2011). 

           

Nenhum comentário:

Alfabeteando...

Olá, bem vindo!

Um "Alfabeto à parte" foi criado em setembro de 2008 e tem como objetivo discutir a leitura e a literatura na escola. Nele disponibilizo o que penso, estudos sobre documentos raros e meus contos, além de uma lista do que gosto de ler.

Em 2013 concluí pesquisa sobre o Abecedário Ilustrado Meu ABC, de Erico Verissimo, publicado pelas Oficinas Gráficas da Livraria do Globo em 1936. O lançamento do livro e sua repercussão estão no Blog. Alguns artigos sobre a pesquisa também. Leia e dê sua opinião.

A novidade, em 2015, foi a inauguração da Sala de Leitura Erico Verissimo, um sonho antigo que agora se realiza. Em 2016, o processo de restauro da Biblioteca na Escola Fernando Treptow, inaugurada em 25 de novembro.

Em 2017 estou produzindo a Biografia de João Bez Batti. Através de relatos pessoais nos quais a criançaque João foi é a personagem principal, recosntruo, com narrativas litetárias, seu descobrimento como escultor. Bilíngue (português e italiano) o livro tem data para ser lançado: 11/11/2017.

Abraço

Cristina