segunda-feira, 30 de julho de 2012

Protocolos de leitura nos livros infantis de Erico Verissimo:

Resumo: O artigo trata dos protocolos de leitura presentes na obra para crianças do ficcionista Erico Verissimo. Esparsos mas presentes em onze livros, os protocolos alcançam maior expressividade em Meu ABC, um abecedário publicado nos anos 30 e que se tornou, pela exiguidade, o mais raro dos escritos de Verissimo. É através dos protocolos de leitura presentes em duas diferentes impressões do abecedário que o escritor explicita a invenção de uma infância urbana e uma linguagem para ela; é também neles que revela um projeto “literário-pedagógico” para esta infância, no qual a sisudez e o autoritarismo são combatidos. Publicado pela Editora Globo de Porto Alegre em expressivas tiragens (em 1936, cinco mil e quinhentos exemplares, em 1940, doze mil e em 1945 mais dez mil), o impresso estabelece um diálogo entre o adulto e as crianças que habitavam Porto Alegre na primeira metade do século XX. Na investigação considerei todos os onze livros para crianças do escritor gaúcho e, neles, especialmente os protocolos de leitura que foram transcritos e analisados. Quer ler o demais? Escreva para mim...

Nenhum comentário:

Alfabeteando...

Olá, bem vindo!

Um "Alfabeto à parte" foi criado em setembro de 2008 e tem como objetivo discutir a leitura e a literatura na escola. Nele disponibilizo o que penso, estudos sobre documentos raros e meus contos, além de uma lista do que gosto de ler.

Em 2013 concluí pesquisa sobre o Abecedário Ilustrado Meu ABC, de Erico Verissimo, publicado pelas Oficinas Gráficas da Livraria do Globo em 1936. O lançamento do livro e sua repercussão estão no Blog. Alguns artigos sobre a pesquisa também. Leia e dê sua opinião.

A novidade, em 2015, foi a inauguração da Sala de Leitura Erico Verissimo, um sonho antigo que agora se realiza. Em 2016, o processo de restauro da Biblioteca na Escola Fernando Treptow, inaugurada em 25 de novembro.

Em 2017 estou produzindo a Biografia de João Bez Batti. Através de relatos pessoais nos quais a criançaque João foi é a personagem principal, recosntruo, com narrativas litetárias, seu descobrimento como escultor. Bilíngue (português e italiano) o livro tem data para ser lançado: 11/11/2017.

Abraço

Cristina